Traduzir

domingo, 25 de novembro de 2012

Pedra na vesícula

Olá Carlos, 

Satisfação que esteja aproveitando o  site,
veja mais alguns links sugeridos na mensagem abaixo.

     Luiz Meira
+5519  9612 6029


De: carlos
Data: 24 de novembro de 2012 02:27

me gusto muchisimo,como me ayuda la reflexologia a solucionar mi problema vescicular (calculos)


De:  Luiz Meira 
Data:  Sex Set 22, 2000  1:25 am 
Assunto:  colelitiase

Olá Lineu,

Bom saber que esteja desfrutando da página, esta é a maior recompensa pelo 
trabalho de construi-la.

Lineu Rodrigues dos Reis wrote: 
> 
> Luiz Meira 
> Pra mim foi uma agradável oportunidade conhecer sua página. Tenho 
> muito interesse pelos assuntos tratados em sua página bem como 
> pelos tratamentos preconizados por essa linha de medicina. Há 
> muitas perguntas que gostaria de lhe fazer

Embora impessoal, as listas que deixo indexadas expressam minhas opiniões 
sobre 
as mais diversas circustâncias.

> mas inicialmente estou 
> fazendo estas três: 
> 1) Você conhece algum médico que pratica esta mesma linha de 
> medicina em Brasília?

Não, mas esconfio que deva existir algo similar. Minha linha é singular, pois 
alguns aspectos não vejo abordado por ninguém, como por ex. enzimas transgênicas 
http://luizmeira.com/enzimas.htm , ou mesmo a função deletérea dos 
híbridos 
http://luizmeira.com/transgen.htm .

> 2) Qual o seu endereço?

Meu endereço mesmo é virtual, pois costumo atender as pessoas em sua própria 
residência.

> 3) Existe algum tratamento natural para cálculos biliares?

Sem dúvida, e o controle de imagens ultrassonográficas e da iris 
(http://luizmeira.com/iris.htm) poderá indicar se a melhora está existindo.

É necesário estar preparado para uma agudização do processo, que pode 
acontecer e normalmente são drenados para cirurgia.

A abordagem geral é cuidar do fígado, especialmente excluindo as gorduras 
http://luizmeira.com/42.htm

Utilizar "Nux Vomica CH12 sub-lingual 3x/dia" é um cuidado genérico enquanto 
não se especifica uma medicação homeopática melhor.

Ervas amargas (losna, carqueja) in natura ou tintura mãe 
http://luizmeira.com/fito.htm, 
especialmente no horário da vesícula biliar (23-1) 
http://luizmeira.com/hs.gif

Compressas com argila sobre o fígado pode ter algum efeito benéfico, 
se realizadas no horário da vesícula. 
  
 

Lineu Rodrigues dos Reis wrote: 
> 
> Agradeço-lhe muito por ter respondido o meu e-mail sobre os cálculos 
> biliares. O caso se refere a minha esposa. Ela já fez exames ecográficos e 
> está constatado. Ela já teve várias crises com dores e muitos vômitos.

Todo o problema está relacioado com a ingestão de gorduras, pois é a bilis que 
desmancha as gorduras para serem absorvidas. O conceito básico é excluir as 
gorduras e similares http://luizmeira.com/42.htm

Com esta exclusão, a bilis será sintetizada somente para as gorduras 
saudáveis, intríncecas aos alimentos, assim sua composição e fluxo serão alterados, e 
progressivamente os cálculos serão disolvidos.

Este processo pode ser suportado e potencializado com cuidados fitoterápicos e 
compressas de argila sobre a pele da região.

> O médico que a atendeu disse que é necessário uma intervenção cirúrgica. 
> Entretanto, tenho muito interesse que ela obtenha uma cura por métodos 
> naturais, sem cirurgia. Qual a sua opinião?

A cirurgia está indicada em algumas situações, entretanto tenho conseguido induzir 
melhora e dissolução das pedras com a abordagem naturalista.

> Estou disposto a seguir os conselhos e recomendações feitos por você e creio que o tratamento natural 
> está em harmonia com a vontade divina.

Quando cuidamos de nossas disfunções naturalmente, caminhamos pelo trajeto de 
cura elaborado pelo corpo.

> Aguardo sua resposta. Se lhe for possível prestar a ela algum atendimento 
> profissional será ótimo.

Mantenho-me ao dispor, evito agendar consultas no sábado.

http://luizmeira.com/serve.htm

Quanto mais observarem o conteúdo do site, melhor será o aproveitamento do 
contato pessoal.

Abraços

<>< <>< <>< <>< <>< <>< 
Luiz Roberto Salvatori Meira 
Equilibrio Alimentar

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Fritura sem óleo


quarta-feira, 7 de novembro de 2012

micrroondas????

Olá Janice,

Que bom voltar contacta-la.

Sim, 
a perspectiva é a mesma, e as fotos confirmam o que informei: a água é alterada

Quando nos alimentamos, a quantidade de água alterada tem seus efeitos minimizados pela outras águas a ponto de ser considerado irrisório.



Em 7 de novembro de 2012 20:07, Janice Mansur <janicemansur@yahoo.com.br> escreveu:

Valéria, temos de ter muito cuidado com essas notícias que vêm de não sei onde e vão para onde querem.
Veja, conversei com um médico naturopata e iridólogo que me disse que não havia o menor problema em seu usar MiCROONDAS, pq elas não mexem com a estrutura das moléculas, só as aquecem.
Vou entrar em contato com ele e ver se mudou de ideia.
Bjs,
Obrigada.

LUIZ, vc mantém sua opinião sobre o MICROONDAS ou não o indica nem usa mais.
ABraços.
SEGUE ABAIXO UMA CONVERSA NOSSA EM 2007.
DEVO PARAR DE USAR MICROONDAS???
 
  Olá Janice,     Que bom poderem aproveitar o conteúdo do site. Gostei mais ainda ao chegar ao final da mensagem e receber a permissão para publicar... (esperar a permissão bloqueia a inspiração)     Vou interferindo em sua mensagem...Grande Abraçohttp://luizmeira.com
019      9612 6029
----- Original Message ----- 
Sent: Thursday, January 25, 2007 8:41 PM
Subject: Bom dia!!
 Estamos maravilhados com seu site.
Sou professora de português (carioca) e meu marido (paulistano) administrador e gerente de tecnologias.

Sempre fui um bocado naturalista, mas com a correria do mundo a gente acaba apelando mesmo para os industrializados. E com ele acostumado naquela terrinha dos self-services, já pensou?
Vc se importaria de me esclarecer algumas dúvidas que tenho?
Nunca comprei (tenho 42 anos) microondas até hoje, porque sempre ouvi falar mal. Leio algumas coisas a favor e outras contra. O que vc acha dele, caso eu queira comprar um?       Seria uma boa opção, pois facilita bastante o manejo dos alimentos.    Cheguei viver anos sem fogão, somente com microondas.    Este comprimento de onda consegue vibrar praticamente só a água, sem interferência estrutural nas proteínas, gorduras, sais e outros nutrientes.    Caso queira utilizá-lo com maior prudência, mantenha-se 2,5metros de distância enquanto estiver ligado. Tenho medido radiações sutis, diferentes da microondas, que se irradiam até esta distância, com provável efeito ionizador sobre os tecidos neurológicos e musculares. tem uma marca    mais segura que vc aconselhe?
Os padrões de segurança estão adequados, geralmente utilizo Panasonic ou similar. Consulta em site do imetro talvez mostre detalhes. 
Sobre panelas: quais vc aconselha? Vidro pedra barro sem chumbo  Se for as de ferro mesmo, onde vc acha que posso encontrá-las?    Atualmente é uma liga (mistura de metais), o que pode exercer intoxicações.
Meu marido tem diabetes e se medica com "cloridrato de metformina" (2x ao dia), starform no almoço (nome do remédio, pq não lembro do princípio ativo),     Abordo em mensagem anterior a proscrição de metformim em favor de Glibenclamida, no entanto, produtos naturais aliados a higiene alimentar é a prescrição maior.   além de pressão alta com "atenolol"+"clortalidona" e está gordo, em suma é adicto de comida. A pergunta é ele pode fazer essa dieta?
    Sim, e poderá perceber resultados animadores.     Para evoluir com segurança, seria necessário aferir a pressão e a glicemia periodicamente.     Natrium Mur ajuda  O açúcar das frutas não faz mal? 
Nao, ajuda a equilibrar, juntamente com os outros nutrientes das frutas 
Ouvi dizer que quem é diabético não pode usar grãos integrais à vontade, é fato?
    Os grãos são os melhores alimentos. O que não pode usar são os produtos processados, fracionados, especialmente quando oriundos de mutantes como o triticale da farinha branca ou a soja.
Adoçante, qual o melhor? Ele adora tudo que é doce, apesar de tentar evitá-los.Existe algum natural que não seja a amarga estévia, que ele não suporta?     A frutose (sem mistura com sacarose ou ciclamato)
Ficarei muito grata se puder me responder 
e se quiser pode botar lá no yahoo groups para que outros possam usufruir
também  de seus conselhos.
Gratíssima
 
Obs.: Desculpe-me escrever com letra grande, mas estou ficando meio cegueta mesmo, rs.
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
Faço  preparação de originais, copidesque e revisão de  textos literários, acadêmicos (normas da ABNT), didáticos, publicitários, cinematográficos etc.,
 respeitando o novo acordo ortográfico. Conheça mais sobre meu trabalho em:



De: Valeria de Vasconcellos Rodrigues <valeriavasconcellos@globo.com>
Para:
Enviadas: Terça-feira, 6 de Novembro de 2012 19:27
Assunto: porque micrroondas????

Gentéin ... vamos deixar de preguiça e voltar ao velho fogão! Pode ser até forno elétrico, fogão à lenha, sei lá.... menos o tal de microwave!

Beijos a todos
Valeria


---------- Mensagem encaminhada ----------
De: Carlos Eduardo Dias Borges <carlos-eduardo-borges@ig.com.br>
Data: 5 de novembro de 2012 14:53
Assunto: Fwd: Fw: porque micrroondas????
Para: Carlos Eduardo Dias Borges <carlos-eduardo-borges@ig.com.br>





 
 
 
 

 Teste feito com água aquecida no microondas e sua ação

Abaixo o texto traduzido pelo google e o texto original.
 
Teste de microondas

 
Abaixo está um projeto de feira de ciências apresentada por uma menina em uma escola secundária em Sussex.
Nele, ela tomou água filtrada e dividida em duas partes.
A primeira parte ela ferveu em uma panela sobre o fogão, ea segunda parte ela ferveu no microondas.
Em seguida, após o resfriamento ela usou a água para molhar duas plantas idênticas, para ver se haveria alguma diferença no crescimento entre a água normal cozido ea água fervida no microondas.
Ela pensou que a estrutura ou a energia da água podia ser comprometida por microondas.
O experimento foi repetido por seus companheiros de classe algumas vezes e teve sempre o mesmo resultado.
 
Veja as imagens ..... 



 


Microwave test

 
Below is a Science fair project presented by a girl in a secondary school in Sussex .
In it she took filtered water and divided it into two parts.
The first part she heated to boiling in a pan on the stove, and the second part she heated to boiling in a microwave.
Then after cooling she used the water to water two identical plants to see if there would be any difference in t
he growth between the normal
boiled water and the water boiled in a microwave.
She was thinking that the structure or energy of the water may be compromised by microwave.
As it turned out, even she was amazed at the difference, after the experiment which was repeated by her class mates
a number of times and had the same result.












,